Exames

Home
Clínica
Colposcopia

A colposcopia é um exame no qual examinamos a vulva (a parte externa da vagina), a vagina e o colo uterino. Utilizamos um espéculo vaginal para ver o interior da vagina e o colo uterino através de um aparelho chamado colposcópio.

 

O colposcópio funciona como um microscópio e não entra em contato ou é colocado dentro da paciente. O médico olha através dele, a cerca de 30 cm da superfície que está sendo examinada. Durante o exame, são pincelados líquidos reagentes, que revelam as alterações destas superfícies. A colposcopia não dói.

Duplex Scan

Método que utiliza a ultrassonografia e suas aplicações para a avaliação não invasiva dos sistemas vasculares (artérias e veias). Fornece informações sobre a morfologia vascular (modo B) bem como das condições do fluxo sanguíneo (Doppler pulsado com mapeamento a cores).

Ultrassonografia

A ultrassonografia é um método de diagnóstico por imagem que utiliza ondas sonoras com frequências acima das audíveis pelo ouvido humano, chamadas de ultrassom. Após atravessarem os tecidos dos órgãos estudados, as ondas retornam em forma de ecos fornecendo imagens instantâneas.

Com os avanços nos equipamentos de ultrassonografia, é possível avaliar diversos órgãos internos, em especial com o recurso doppler scan que permite a análise da circulação sanguínea e vascularização dos órgãos, trazendo importantes informações.

Além da prevenção, através de diagnósticos precoces, a ultrassonografia pode ser usada no acompanhamento de tratamentos médicos e para guiar procedimentos de intervenção como biópsias, punções e drenagens.

Raio-x

Existem vários tipos de Raio-x, entre eles do tórax, do abdome e do esqueleto. O Raio-x do tórax é extremamente importante para se diagnosticar a doença pulmonar e para avaliar alterações do mediastino, incluindo o coração e o tórax ósseo. A radiografia do tórax não é útil apenas na avaliação do paciente no momento do exame, mas também serve como um parâmetro básico normal ou como registro do estádio ou progressão da doença. Através do Raio-x do abdome, pode-se descobrir uma variedade de condições, incluindo obstrução intestinal, coleção de líquidos intra-abdominais, cálculos na vesícula biliar ou no aparelho urinário ou outras calcificações intra-abdominais patológicas. Entre os órgãos abdominais visibilizados incluem-se o fígado, o rim e o baço. No Raio-x do esqueleto, os problemas esqueléticos (particularmente as fraturas) são bem visibilizados. As radiografias do esqueleto podem ser úteis para estabelecer ou excluir o diagnóstico de distúrbios nutricionais e endócrinos complicados por alterações no metabolismo das proteínas ou pela deposição de cálcio ou fósforo; estas demonstram também os vários tipos de artrite, osteoporose, intoxicação pelo chumbo e hipervitaminose A.

Eletrocardiograma (ECG)

O eletrocardiograma ou ECG é a captação e registro gráfico da atividade elétrica gerada pelo coração com o paciente deitado e relaxado, aplicando-se eletrodos nos membros superiores e inferiores e em seis pontos das paredes anterior e lateral do tórax.

Eletroencefalograma (EEG)

O EEG é um exame que analisa a atividade elétrica cerebral espontânea através da sua captação por meio de eletrodos colocados no couro cabeludo. A atividade elétrica espontânea está presente desde o nascimento e o EEG pode ser útil em todas as idades, desde recém-nascidos até pacientes idosos.
O objetivo do EEG é o registro da atividade elétrica cerebral, para o diagnóstico de eventuais anormalidades dessa atividade.

Audiometria

A audiometria é um exame que avalia a audição das pessoas. Quando detecta qualquer anormalidade auditiva permite medir o seu grau e tipo de alteração, assim como orienta as medidas preventivas ou curativas a serem tomadas, evitando assim o agravamento. Este exame só pode ser realizado por um fonoaudiólogo ou médico, pois são estes os profissionais habilitados a orientar corretamente todas as etapas para a realização do procedimento.

Os principais tipos de audiometria são a audiometria tonal, que é considerado um teste subjetivo para avaliar o grau e o tipo de perda auditiva e a audiometria vocal, que pesquisa a capacidade de compreensão da fala humana.

O primeiro emite tons puros, em várias intensidades e freqüências, através da via aérea e para isto o paciente usa um fone de ouvido no momento do exame. No segundo (audiometria vocal) o paciente irá ouvir palavras através dos fones para repeti-las, e deve ter uma margem de acerto de 100% a no mínimo 88% para ser considerado normal.

Estes exames são feitos com o paciente dentro de uma cabine acústica, visando isolá-lo do ruído ambiental e utiliza o equipamento chamado audiômetro.

O exame audiometria tonal serve como base para diagnosticar a necessidade do uso de aparelho auditivo e, se necessário, o tipo de aparelho. Porém é necessário que junto com esse exame seja feita a audiometria vocal.

Espirometria

A espirometria é  um exame que permite medir o volume e os fluxos de ar que entram e saem dos pulmões (“exame do sopro”). Este exame, realizado em poucos minutos, permite a obtenção de informações valiosas na avaliação da saúde respiratória.

Ecocardiograma

A ecocardiografia ou ecocardiograma bidimensional com doppler é um exame de ultrassom, no qual as imagens do coração, captadas por um transdutor colocado sobre o tórax do paciente, são transmitidas para um monitor. É um método diagnóstico muito utilizado em cardiologia para a detecção de alterações estruturais e/ou funcionais do coração.

Endoscopia Digestiva Alta

Um aparelho flexível é introduzido pela boca e permite diagnosticar doenças do esôfago, estômago, duodeno, papila duodenal. Permite ainda realizar biópsias e procedimentos terapêuticos como tratamento de lesões sangrantes, erradicação de varizes, remoção de pólipos e tumores precoces, colocação de próteses metálicas.

Laringoscopia

Com um laringoscópio, examina-se a mucosa de laringe, podendo ser realizada coleta de material (para histologia, citologia ou cultura) e tratamento de afecções locais (tumores, estenose, etc)

Urofluxometria

A urofluxometria é um exame que mede a força do jato urinário.

O exame serve para orientar o tratamento de pacientes com sintomas urinários.

Pacientes com fluxo urinário baixo podem apresentar problemas de estreitamento do canal da uretra ou da próstata, ou até mesmo perda de contração da bexiga.

A principal vantagem da urofluxometria é sua facilidade de realização, pois é um exame rápido, simples e indolor.

Laboratório

O exame de laboratório é realizado através da coleta, manipulação e conservação do material (sangue, fezes e urina). Posteriormente serão analisados e será feito um laudo pelo profissional habilitado. A análise é realizada através de aparelhos automatizados que garantem um maior percentual de acertos.

 

M.A.P.A.

O MAPA 24 horas é o exame que mede a pressão arterial durante 24 horas para a obtenção do registro da pressão arterial durante a vigília e o sono, através de um aparelho que é colocado no paciente e faz as medidas de forma automática.
Tem como objetivo analisar o comportamento da pressão arterial não somente durante a vigília e o sono, como também durante eventuais sintomas como tontura, dor no peito e desmaio.

Além disso, possibilita a avaliação de eficácia do tratamento anti-hipertensivo.

Preventivo Ginecológico

Com a paciente deitada na mesa ginecológica, introduz-se na vagina o espéculo vaginal (“bico de pato”) para que o colo uterino seja visualizado. Retira-se, se necessário, o excesso de muco com uma espátula (espátula de Ayre) e faz-se uma delicada raspagem da vagina e da parte de fora do colo, colocando o material em uma lâmina de microscópio. A seguir, faz-se a coleta do material de dentro do colo, utilizando-se uma pequena escova (Cito-Brush). Nesse momento pode-se sentir uma discreta dor tipo cólica. Não é infreqüente o aparecimento de um pequeno sangramento após o exame, sem maiores conseqüências, e que desaparece espontaneamente.

 

O material é enviado em um frasco contendo álcool para o laboratório, a fim de ser analisado pelo técnico e pelo médico patologista. O resultado sai em poucos dias e fornece informações sobre a presença de câncer ou lesões pré-cancerosas, algumas infecções, uma discreta avaliação hormonal, e a presença de inflamação. É muito freqüente a presença de inflamação no resultado do exame o que, na maioria das vezes, não necessita de tratamento.

Teste Ergométrico

O teste ergométrico serve para a avaliação ampla do funcionamento cardiovascular, quando submetido a esforço físico gradualmente crescente, em esteira rolante. São observados os sintomas, os comportamentos da frequência cardíaca, da pressão arterial e do eletrocardiograma antes, durante e após o esforço.

Os principais objetivos do teste são diagnosticar e avaliar a doença arterial coronária. Avalia também a capacidade funcional cárdiorrespiratória; detecção de arritmias, de anormalidades da pressão arterial e de isquemia miocárdica; avaliar surgimento de sopros, sinais de falência ventricular esquerda e dos eventuais sintomas que podem acompanhar essas disfunções; avaliação funcional de doença cardíaca já conhecida; prescrição de exercícios físicos.